Importantes considerações no momento da escolha do tecido da sua roupa de fitness: Poliamida x Poliéster | Exceler Moda Fitness

Importantes considerações no momento da escolha do tecido da sua roupa de fitness: Poliamida x Poliéster

Publicado: 13/06/2017

Na prática de exercícios recomenda-se utilizar a roupas confortáveis que permitem aeração adequada e liberdade de movimentação. Apesar de bastante divulgadas, poucas pessoas avaliam a composição dos tecidos das roupas na hora da compra. Em nosso Blog reforçamos os benefícios e algumas vantagens do uso de roupas em tecidos de poliamida em relação ao poliéster.

Quando decidimos comprar uma roupa para realizar alguma atividade física é bastante comum apenas observarmos cores, estampas, recortes, maciez e preço.

Hoje, compartilharei algumas informações sobre as algumas diferenças nos principais tecidos presentes nas roupas de moda fitness.

Há alguns anos deixou-se de utilizar roupas de fibras naturais (entre as mais conhecidas está o algodão) e massificou-se o uso daquelas produzidas com fibra sintética. Nesse grupo, reinam a poliamida (também conhecida por Nylon) e o poliéster. Entre os benefícios dessa mudança, destacamos roupas com melhor conforto, praticidade (não encolhem ou amassam) e preços mais acessíveis para o consumidor. O algodão oferece maciez à pele, porém por reter suor propicia um maior desconforto por deixar a roupa literalmente molhada durante uma atividade física mais intensa, efeito esse que é mínimo com as fibras sintéticas.

As diferenças entre as fibras sintéticas são mais sutis e merecem maior atenção do consumidor no ato da escolha de compra. Ambas as fibras foram descobertas há mais de 50 anos, sendo que a poliamida é considerada mais confortável e macia, possui elasticidade, permite melhor aeração e com excelente durabilidade,  ótima resistência sendo um material biodegradável no meio ambiente (existem recentes variantes de poliamida que são demoram apenas 3 anos para decompor) . O poliéster é uma fibra mais áspera com aeração inferior dando aquela maior sensação de calor, não possui elasticidade, mas possui ótima durabilidade, preços mais baixos, maior proteção à umidade (efeito “capa”) e reciclável (mas não biodegradável). Ainda, pelas diferentes estruturas de cada fibra - poliamida mais lisa do que o poliéster – acredita-se que roupas de poliéster são mais propensas ao mau cheiro causado pela ação de bactérias com o suor.

São muitas as evidências de que a fibra de poliamida promove um tecido superior ao poliéster para quem veste uma roupa esportiva ou moda fitness. Decorrência desta superioridade está no maior investimento devido aos preços mais altos, mas que recompensa na opinião de muitos usuários pelos benefícios destacados acima.

Assim, quando for escolher sua roupa para fazer uma corrida, caminhada ou para frequentar a academia, leia atentamente na etiqueta (exigida por lei) ou na descrição do produto a composição do tecido. Assim como o A é superior ao E, a poliAmida também é em relação ao poliÉster.

Até a próxima! Desejando bons exercícios a todos!

Voltar